Bolsonaro confisca celulares de todos que o visitam no Palácio da Alvorada


O presidente Jair Bolsonaro adotou uma regra para todos àqueles com quem se reúne: celulares não entram. À medida de proteção foi tomada depois do vazamento de conversas com ministros.
Cerca de vinte e dois deputados que já se reuniram com o presidente no Palácio da Alvorada para reunir-se com o presidente nesta semana contaram que havia um local designado para deixar os aparelhos na entrada da sala. Designa o papel uma caixinha no corredor que antecede o gabinete presidencial. Segundo informações a prática já foi adotada por outros presidentes, mas na atual gestão a regra sofreu uma ampiação. O vice-presidente também adota a regra de que todos os convidados a entrarem na sua sala devem deixar o aparelho de celular do lado de fora.
Embora, parece que à regra não é muito levada à risca, pois semana passado o jornal O Globo mostrou que o ministro da Casa Civil Ony Lorenzoni, ligou sem querer, para um repórter enquanto conversava com o presidente, sobre o ex-ministro Bebianno.