Protesto em Salvador contra a reforma da Previdência congestiona trânsito em Salvador


Hoje pela manhã (22) teve inicio uma manifestação na cidade de Salvador, contra à Reforma da Previdência, o que vem ocasionando um transtorno em diversa vias da cidade.

Diversos representantes de entidades sindicais concentraram-se hoje(22), na Rótula do Abacaxi, em Salvador, para o protesto.

De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Previdência, enviada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso, dificulta o acesso e reduz o valor dos benefícios.

A proposta estabelece a obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens, 62 para as mulheres e aumentar o tempo de contribuição de 15 para 20 anos, e também retira a Constituição o sistema de Seguridade Social brasileiro.



Michel Temer já está na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro


O ex-presidente Michel Temer chegou à superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro na noite de ontem (21), pouco antes de 18h40. Manifestantes foram ao local para comemorar a prisão dele, que aconteceu ainda durante a manhã, em São Paulo.

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, ordenou a prisão de Temer e mais nove pessoas. Preso preventivamente, o ex-presidente foi detido em uma rua de São Paulo, poucos minutos depois de sair de casa dentro de um carro.

Inicialmente, Bretas determinou que Temer ficaria detido em Unidade Especial Prisional na cidade de Niterói. No entanto, o juiz atendeu a um pedido da defesa do ex-presidente e permitiu que ele fique preso em uma sala na superintendência da Polícia Federal.

“Entendo que o tratamento dado aos ex-presidentes deve ser isonômico, uma vez que o ex-Presidente Lula está custodiado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba”, argumentou Bretas na decisão.



Hospital processa Zé de Abreu por tweet sobre Bolsonaro e pede indenização de R$ 100 mil


O ator José de Abreu está sendo processado por danos morais pela Sociedade Beneficente Israelita Hospital Albert Einstein após o famoso ter sido acusado de difamar a instituição em um tweet publicado no dia 1º de janeiro de 2019. Na publicação que já foi excluída, o ator insinua que o hospital fez parte da elaboração de um plano que culminou na facada do então candidato a presidente pelo PSL Jair Bolsonaro.

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM israelense, o fascista matador e corruptor Bibi. A união entre a igreja evangélica e o governo israelense vai dar m*”, disse o global na época.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o Hospital Albert Einstein pede uma indenização de R$ 100 mil do famoso, na tentativa de alertar outras pessoas e até mesmo figuras públicas a não cometerem a mesma atitude do ator.



Deputado Arthur Maia, afirma que reforma não tem apoio de parlamentares


O deputado federal Arthur Maia (DEM), afirma que dificilmente a reforma da Previdência proposta pelo Presidente Jair Bolsonaro (PSL), pelo visto não terá apoio do parlamentares. Para ele mesmo que o governo recuer sobre os pontos mais polêmicos, como o BPC e aposentadoria para trabalhador rural “essa imagem ficou gravada”.

Maia ainda ressalta que, “A reestruturação das carreiras militares não caiu bem. Eu vivi isso. É difícil de mudar a ideia dos deputados depois que a opinião está formada”..



Rodrigo Maia diz que projeto de lei Anticrime de Moro não tem “novidade” é copiou colou” de um já existente


Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez uma crítica ao Projeto de lei anticrime do ministro da Justiça Sérgio Moro, o qual suspendeu momentaneamente. Segundo Maia, ele fez o que acha correto com relação ao projeto, ele disse que é “importante”, mas que o mesmo é uma cópia de um programa do ministro Alexandre de Morais. É um copia e cola. Não tem nenhuma novidade, poucas novidades no projeto dele”. Maia ainda ressaltou que ele é “O funcionário do presidente Bolsonaro? Ele conversa com o presidente Bolsonaro e, se o presidente Bolsonaro quiser, ele conversa comigo.
Maia determinou na última quinta-feira (14) que criassem um grupo de trabalho para analisar o chamado projeto de lei anticrime do Moro e duas outras propostas relacionadas que já tramitavam na Câmara. O grupo tem 90 dias para debater as matérias propostas, mas por enquanto estão suspensas.
O presidente da Câmara, revelou que a priorioridade é para o porjeto apresentado por Moraes, quando ele era ministro no governo de Temer, e que a análise do pacote só sera, após a análise da reforma da Previdência, que conforme ele é de suma importância agora para o governo Bolsonaro.
O deputado afirma que Moro quer holofotes na imprensa ao desejar que sua proposta seja aprovada. Ainda afirmou “O projeto vai andar no momento adequado, ele pode esperar para ter um Jornal Nacional, um Jornal da Band, ou da TV Record, ele pode esperar.”



Pesquisa revela que aprovação para governo de Jair Bolsonaro despenca em dois meses


O Ibope divulgou ontem (20), nova pesquisa sobre o que pensa à população sobre o governo presidente Jair Bolsonaro (PSL) e a amostragem verifica que a aprovação do governo despencou em dois meses.

Foram ouvidas cercas de 20002 pessoas entre 16 e 19 anos, faixa etária que tem um nível de confiança em torno de 95%.

Em janeiro deste ano, 49% da população considerava o governo de Bolsonaro ótimo ou bom. Agora, 34% dos entrevistados concordam que a gestão do atual presidente é boa ou ótima. Em fevereiro, esse número era 39%.

Cresceu também o número dos consideram a gestão ruim ou péssima (foi de 11% em janeiro para 24% neste mês de março).

Aumentou, entretanto, o percentual da população que considera a gestão de Bolsonaro regular. De 26% em janeiro foi a 34% nesta pesquisa.

 



Reforma da Previdência para militares alcançará apenas 1% do déficit previdenciário


A reforma da Previdência, voltada para os militares, de forma separada, foi apresentada nesta quarta-feira (20), pelo presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Segundo análises, os militares são os principais responsáveis pelo déficit da Previdência, mas ao que tudo indica a economia que pode será gerada por esta reforma não passará de 1% dos R$ 1 trilhão que atesta a equipe econômica do governo.

Ainda ontem (19) o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, ressaltou que com a reforma o governo pretende economizar em torno de R$ 13 bilhões nos próximos, com a reforma das aposentadorias e pensões dos militares.

 

 



Foi criada hoje (20) por parlamentes frente contrária à reforma da Previdência


 

Nesta manhã (20), alguns deputados que fazem parte de oposição ao governo e partidos do centro, criaram uma frente contrária à reforma da Previdência proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. A frente contou no seu lançamento com cerca de 171 assinaturas de deputados e de 27 senadores. Como ainda não está bem definida, a comissão deixou em aberto para quem desejar aderir no decorrer do dia.
O senador Paulo Paim (PR-RS) um dos coordenadores da frente declarou ao Estadão que “A reforma, como está, não interessa a ninguém a não ser ao mercado financeiro. […] O povo brasileiro não quer essa reforma porque o que está sendo proposto para a capitalização é o fim da previdência. Ataca inclusive a seguridade. Queremos fortalecer a Constituição que defende um pacto social”.



Salário de filha de Queiroz foi repassado para o pai quando assessor de Flávio Bolsonaro


Novas informações sobre o caso Queiroz, foram divulgadas, a respeito de repasse de dinheiro. De acordo com jornal O Globo, a personal trainning Nathalia Melo de Queiroz, ex-assessora de Jair Bolsonaro na Câmara, fazia repasse dos salários recebidos a partir dos meses de junho e novembro de 2018 ao seu pais Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, quando estava na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A filha de Queiroz, Natália, realizou repasses de repassou R$ 97,6 mil para o pai. A mesma trabalhou para o atual presidente entre setembro de 2007 e dezembro de 2016 e logo após em Brasília, quando fazia a assessoria de Jair,mesmo lotada na câmara trabalhava como personal no Rio.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro após o Coaf identificar movimentações financeiras atípicas no valor de R$ 1,2 milhão em sua conta.

 

 



Desembargadora atende pedido da prefeitura de Camaçari para reabertura de centro comercial


 

A prefeitura de Camaçari solicitou o pedido de reabertura do Centro Comercial da Cidade, que estava fechado desde a última sexta-feira(15), a justiça baiana, a qual concedeu o pedido ontem (19), o local estava fechado por determinação da 1ª Vara da Fazenda do município.

Após a análise do recurso protocolado pela Procuradoria-Geral do Município, por meio do subprocurador Bruno Helasio, a desembargadora Pilar Celia Tobio de Claro, esclareceu que o funcionamento da feira causaria “grave lesão”, devido ao impacto “socieconômico, pois a manutenção da interdição do centro comercial poderia causar no município, já que envolve “milhares de interessados na condição de comerciantes e consumidores”. Para Claro, a prefeitura já havia sanado todas as irregularidades existentes no local da feira em 2015.

O prefeito Elinaldo Araújo declarou que “Confiávamos na Justiça para que a feira fosse reaberta. E, agora, a prefeitura vai continuar cumprindo as determinações do Ministério Público e da Justiça. Já resolvemos os problemas estruturais e de segurança do Centro Comercial e vamos seguir cobrando a taxa condominial dos inadimplentes”.



Rui Costa diz ficar assustado com o “ódio enraizado em postagens nas redes sociais”


Em nova postagem no seu Instagram Rui Costa (PT), no dia 19, terça-feira, lamenta sobre os ataques sofridos nas mesquitas em Nova Zelândia, que deixou 49 mortos mortos, como um dos exemplos de violência no mundo.
Em seu relato na rede social ele afirma que “Fico assustado com o ódio enraizado em postagens nas redes sociais. Fico triste e indignado com atos de violência na Holanda, na Nova Zelândia, no Brasil… no mundo. Fico preocupado e sinto pena daqueles que defendem a sociedade armada. Mas, a cada dia, cresce a minha fé em Deus, que me dá forças para acreditar que vale a pena amar o próximo. Vale muito a pena. Eu procuro fazer a minha parte para que o amor vença sempre. Uma sociedade deve ser construída com paz, solidariedade, respeito e amor”.

 



PF informa que esquema na SMS fatura cerca de R$ 8 milhões


A secretaria Municipal de Saúde foi alvo de operação hoje (20), pela polícia Federal, investiga possíveis pagamentos efetuados por meio de contratos fictícios que podem ultrapassar R$ 2 milhões. De acordo com a polícia acredita-se que poder existir um superfaturamento de cerca de R$ 8 milhões ou mais conforme contratos que ainda se encontram em vigência e plena execução.

De acordo com a PF, há suspeita de de fraude em licitações, superfaturamento, desvio de recursos públicos, pecularo e lavagem de ativos na contratação de instituto de saúde para gestão complementar de unidades de saúde (UPAs) e multicentros, todas com vínculos a SMS.

 



PF deflagra operação para desarticular esquema na Secretaria de Saúde de Salvador


A Polícia Federal deflagra na manhã desta quarta-feira (20), em conjunto com a Controladoria Geral da União–CGU, a Operação Kepler, com o objetivo de desarticular esquema criminoso de fraude à licitação, superfaturamento, desvio de recursos públicos, peculato e lavagem de ativos na contratação de Instituto de Saúde para gestão complementar de unidades de saúde UPA e Multicentros, todas vinculadas à Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS).

Cerca de 50 policiais federais, com apoio de 16 auditores da CGU, cumprem 10 mandados de busca e apreensão em endereços vinculados aos entes envolvidos no esquema investigado, dentre eles órgãos públicos, empresas e residências. Conforme apurado durante as investigações, as licitações eram direcionadas a beneficiar um instituto contratado, o qual terceirizava, através de contratos superpostos e genéricos, parcelas do serviço a empresas recém constituídas e vinculadas ao próprio Instituto, tudo como mecanismo de retornar os valores das subcontratações em benefício de seus representantes e para suposto pagamento de propina a servidores vinculados à SMS/PMS.

(mais…)



Após encontro com Trump, Bolsonaro chega ao Brasil para discutir previdência dos militares


Após se encontrar com o presidente Donald Trump nos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro desembarcou no início da manhã desta quarta-feira (20) em Brasília. O principal compromisso do presidente para o dia é tentar fechar o projeto sobre mudanças na previdência dos militares.

Bolsonaro vai receber, na residência oficial do Palácio da Alvorada, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e os chefes das Forças Armadas: o almirante Ilques Barbosa Júnior, comandante da Marinha; o general Edson Leal Pujol, comandante do Exército; e o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Eles devem bater o martelo sobre a proposta de reforma da previdência para os militares. Caso concluam o texto, os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Fernando Azevedo (Defesa) e Paulo Guedes (Economia) levarão a proposta ao Congresso.

A apresentação do projeto de reforma nas regras de aposentadoria dos militares é uma exigência de aliados de Bolsonaro para começarem a analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que altera as regras previdenciárias de trabalhadores civis.

Entre as mudanças que o governo vai propor na aposentadoria de militares deverão estar:

  • Pagamento de alíquota de 10,5% para o fundo de pensão (o valor atual é de 7,5%);
  • aumento de 30 para 35 anos no tempo para passar para a reserva.


Lava Jato: PF e MPF cumprem mandados de prisão contra doleiros


Agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal cumprem quatro mandados de prisão em São Paulo contra doleiros e outros de busca e apreensão em uma nova fase da “Operação Câmbio, Desligo”, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro. Investigadores miram um esquema de evasão de divisas, lavagem de dinheiro e corrupção, chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. De acordo com a investigação, os principais alvos foram identificados dentro do esquema de Sérgio Cabral, a partir das delações premiadas Vinicius Clarer (Juca), e Cláudio Fernando Barboza, o Tony.

Mandados de prisão preventiva:

  • Sérgio Guaraciaba Martins Reinas, conhecido como “Roma” e “Mister”
  • Nissim Chreim, o “Miojo”
  • Thânia Nazli Battat Chreim

Mandado de prisão temporária:

  • Jonathan Chahoud Chreim

A logística dessa operação, segundo a denúncia do MPF que ocasionou na ação desta quarta-feira (20), envolvia a custódia de valores nas transportadoras (Trans-Expert), bem como o aluguel de salas comerciais equipadas com cofre, alarme, portas blindadas e controle de acesso, a fim de armazenar os recursos utilizados de tais operações ilícitas.

Os dois doleiros alvos desta nova fase, ainda de acordo com a denúncia, atuavam junto aos colaboradores Vinicius Clarer e Cláudio Fernando Barbosa.



google-site-verification: google9fc9670e008f5262.html