Câmaras de Itabuna e Ilhéus vão receber R$ 28,7 milhões


A Câmara de Vereadores de Itabuna deverá receber repasse de R$ 1.239.412,15, mensalmente, relativo ao duodécimo em 2019, de acordo com o definido pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA). No ano, o repasse deverá atingir R$ 14.872.945,83. Já a Câmara do segundo maior município do sul da Bahia, Ilhéus, terá duodécimo de R$ 1.152.872,30, atingindo 13.834.467,60 no ano.

Os valores podem ainda sofrer correção nos dois municípios, conforme o TCM. O duodécimo é o repasse mensal que cada prefeitura deve fazer à Câmara. A tabela com os valores correspondentes a cada um dos municípios foi disponibilizada ontem (19), no site da corte de contas. Segundo o tribunal, os valores foram calculados com base nas receitas tributárias e transferências constitucionais recebidas por cada um dos municípios no exercício de 2018.



Vereador de Salvador sugere que governos implantem detectores de metal em escolas


Dois projetos foram apresentados pelo vereador Orlando Palhinha (DEM) na Câmara de Salvador solicitando à prefeitura e ao governo do Estado a instalação de detectores de metais nas escolas municipais e estaduais.

“O massacre ocorrido na cidade de Suzano tem que servir de alerta para que todos os cuidados sejam tomados, a fim de proteger a vida humana, em nossas escolas”, argumentou o vereador, autor do Projeto de Lei 74/2019 e do Projeto de Indicação 88/2019.

 



Em troca de votos para reforma Guedes facilitará repasses a parlamentares


O ministro da Economia Paulo Guedes, prometeu ajudar  alguns parlamentares com repasses para às regiões que os elegeram, isto como forma de obter apoio para reforma da Previdência.  Conforme líderes do congresso  não existe confiança no presidente Jair Bolsonaro (PSL).

A liberação de dinheiro é vista como uma forma estratégica de fazer uma agenda positiva, para que os políticos apresentarem em suas bases, de olho em eleições municipais de 2020.



Beto Richa ex-governador do Paraná está preso pela terceira vez


Voltou a ser preso na manhã de hoje (19), o ex-governador Beto Richa (PSDB) Pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba. Beto Richa é suspeito de corrupção  e teve prisão preventiva decretada.

O ex-governador é um dos acusados de desvios de dinheiro na construção de diversas escolas  estaduais .   Conforme as investigações, a Construtora Valor recebeu cerca de R$ 20 milhões em contratos firmados com poder público, que não realizou nenhuma obra.



Prefeito de Itacaré é acusado de cometer desvio 83 vezes


Acusado de ter desviado bens públicos, Antônio de Anizio, prefeito de Itacaré, será julgado pelo Tribunal de Justiça da Bahia. “De Anizio” tentou, por meio de recurso jurídico, enviar o processo para a Vara de Itacaré. O pedido foi negado pelo desembargador Lourival Almeida Trindade em decisão publicada na última sexta-feira, 15, no Diário Eletrônico da Justiça. Trindade decidiu com base no posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF) de maio do ano passado.

Conforme a decisão, os gestores públicos só serão julgados por órgão colegiados quando os supostos crimes tiverem ocorrido durante o mandato e tiverem relação com o mesmo. No caso, a acusação contra o prefeito foi feita em 2017, no primeiro ano da atual gestão dele. Antônio de Anizio é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) de cometer apropriação ou desvio de bem público (peculato) por 83 vezes. A acusação foi feita pelos promotores Luis Eduardo Souza e Silva Lourival Almeida Trindade. (Bahia Notícias)



Alcolumbre diz que Impeachment de Gilmar está fora de cogitação


Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM) afirmou que não cogita colocar em votação os pedidos de impeachment de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o Antagonista, o senador teria ponderado que uma crise institucional não faria bem para o Brasil.

“O impeachment não está no radar hoje. Uma crise institucional neste momento não fará bem para o Brasil”, declarou o presidente do Senado em São Paulo, onde concedeu entrevista coletiva ao lado de João Doria.

Depois do ataque de Gilmar aos procuradores da Lava Jato por causa da tentativa de criação de um fundo com recursos da Petrobras, senadores passaram a protocolar pedidos de impeachment do ministro do STF na Mesa do Senado.



Para Alcolumbre governo federal precisa melhorar sua articulação política


Nesta segunda-feira (18), o presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP), declarou que está faltando no governo federal certo “ajuste fino” na articulação política para que a reforma da previdência seja aprovada no Congresso.

“Há um sentimento – posso falar pelo Senado e, além disso, fui 12 anos deputado federal, tenho muitos amigos na Câmara – de que falta um ajuste fino na política, que é o governo se empenhar pessoalmente, se dedicar na Câmara e no Senado para dialogar”, diz Alcolumbre.

Para Davi, falta o governo entender-se com as lideranças dos partidos. Afirma ele que o “O governo adotou um modelo de relação política e institucional que quebra paradigmas de décadas, é um modelo novo, que precisa ser precedido de conversas, diálogos e entendimentos com os líderes (partidários)”.



Presidente viaja para os EUA e filho vai à Brasilia tocar agenda de compromisso de Bolsonaro


Na ausência do presidente Jair Bolsonaro, que está em Washington, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) está em Brasília para, segundo ele, cumprir missões dadas pelo pai. Embora não ocupe cargo no governo, Carlos postou nas redes sociais fotos do seu tour. Ele despachou na Câmara dos Deputados e no Palácio do Planalto. “Em Brasília. Dentre muito o que conversar com amigos Deputados Federais e desenvolvendo linhas de produção solicitadas pelo Presidente Jair Bolsonaro”, relatou no microblog. Os primeiros compromissos foram no Legislativo. O vereador foi aos gabinetes do irmão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ). Na Câmara, estava acompanhado do subchefe de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, José Vicente Santini. Carlos não quis falar com a imprensa. Assim que chegou na Câmara, o Estado flagrou Carlos ao telefone no corredor que dá acesso ao gabinete de Eduardo, fazendo críticas a área de comunicação do governo. A um interlocutor não identificado, o “02”, como é chamado por Bolsonaro, ele reclamava da área. O vereador já forçou a demissão de um ministro, Gustavo Bebianno, e tem pessoas de sua confiança na estrutura do Planalto.

Estadão



Aplicativo lançado no Carnaval para Táxis será implantado com descontos


Taxistas soteropolitanos vão poder contar com nova funcionalidade para melhorar os serviços prestados à comunidade, o aplicativo Taxi Mobi, exclusivo para os motoristas de Salvador, foi testado durante o carnaval e está disponível de forma gratuita para celulares de sistemas Android e IOS.

Já tem cerca de 1,4 mil táxis já cadastrados, mas há uma meta de que toda a frota de veículos da cidade se cadastre. Conforme secretario de mobilidade Fábio Mota  “Nossa avaliação inicial é positiva”, afirma Mota, explicado que, além de funcionar como aplicativo, o TaxiMobi será também uma plataforma de gestão da prefeitura. “Vamos ver em tempo real, por exemplo, onde estão todos esses táxis e remanejar para áreas que estejam com maior demanda de passageiros”.

Segundo o Mota, os serviços podem ter desconto de até 20% em corridas, tipo bandeira 1, opção para pagamento, em cartões ou dinheiro.

Esta novidade implantada, faz parte das ações comemorativas da prefeitura nos s 470 anos  de Salvador e é um parceira entre a Secretaria de Mobilidade (Semob) e o Consórcio União Táxi.



Ministério da Economia entregará proposta de reforma para militares até o dia 20


O texto para a reforma da previdência  poderá chegar ao congresso até dia 20, próxima quarta-feira. A proposta prevê um aumento escalonado na alíquota de 7,5%, aumentando um ponto percentual a partir do ano que vem e pode chegar à 10,5% em 2022. Outra mudança é quanto ao tempo de serviço mínimo para entrar na reserva, que passará dos 30 para 35 anos.

O ministério da Defesa quer ainda criar mais um nível hierárquico na carreira militar, o de sargento-mor, além de reajustar o salário de algumas patentes de baixo escalão, assim como adicionais e gratificações.

A proposta foi entregue ao Ministério da Economia pelo Ministério da Defesa.



Deputado do PSL, fala sobre troca de favores por votos para reforma da Previdência em áudio


Circula em Brasília um áudio em que o deputado Gulliem Lemos (conhecido como Julian Lemos), do PSL, relata que parlamentares têm exigido cargos em troca de votos pela reforma previdenciária. A gravação, obtida pelo Globo, mostra Gulliem relatando a Fabio Nobrega Lopes, secretário-geral do PSL na Paraíba, que conseguiu junto à Casa Civil a prerrogativa de indicar nomes para cargos de direção na Funasa da Paraíba e na sede regional do Incra. Segundo fonte do jornal carioca, a gravação surgiu a partir de um grampo telefônico.



Guarda Nacional de Nova York firma parceria com Brasil para intercâmbio militar


A Guarda Nacional em Nova York fará uma parceria com o Brasil para realizar missões conjuntas de treinamento e intercâmbio militar. Autoridades da Guarda Nacional disseram que o acordo foi assinado na quinta-feira em Manhattan pelo major general Raymond Shields, representante de Nova York, e pelo contra-almirante Guilherme da Silva Costa, representante das Forças Armadas brasileiras. O acordo é o mais recente programa que une a Guarda Nacional do Estado com as Forças Armadas de países estrangeiros. Autoridades militares dos EUA dizem que a nação agora tem parcerias com 83 países.

Estadão Conteúdo



Ex-governador Sérgio Cabral diz que irá delatar Aécio Neves (PSDB)


Segundo informações da Revista Época, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB), mostra-se disposto a contar tudo que sabe sobre fatos graves de Aécio Neves (PSDB). Ele, diz sabe cada detalhe sobre o que o PSDB e o PMDB, fizeram no ano de  2014, quando Aécio disputou às eleições e conforme a Época, irá delatar também sobre os esquemas ilegais que o deputado utilizou para formar sua chapa para disputar a presidência em 2014. Em 2014, o PMDB do Rio de Janeiro apoiou oficiosamente Aécio Neves, e incitou o voto Aezão — em Aécio Neves e em Luiz Fernando Pezão.

O MPF do Rio de Janeiro já foi informado sobre isso.



Paulo Preto é transferido para cela feminina a pedido da defesa


Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Dersa, foi transferido para uma cela individual, segundo o jornal Estado de São, uma cela normalmente usada para mulheres mais que estava “ociosa”. A mudança foi realizada após um pedido da defesa de Paulo, que argumentou que o mesmo estava em uma cela de nove metros quadrados com 11 presos.

O operador é suspeito de participar de desvios de dinheiro nos anos de 2009 e 2011, nos governos de José Serra e Geraldo Alckmin, ambos do PSDB.



Alice Portugal (PCdoB) sobre Dayane Pimentel “deveria renunciar ao título de ‘professora’ ao tentar revogar as cotas sociais e étnicas das universidades


Mostrando-se exasperada Alice Portugal (PCdoB), com o projeto proposto pela deputada Dayane Pimental (PSL), que extermina as cotas raciais nas universidades. Alice em sua rede social, disse que Dayane “proponente deveria renunciar ao título de ‘professora’ ao tentar revogar as cotas sociais e étnicas das universidades. A lei só trouxe inclusão social, avanços científicos e civilizatórios”.

Em entrevista Portugal afirmou que, “é um absurdo que alguém que se diga professora, proponha isso. É desconhecer a realidade brasileira, as universidades que no governo Lula ampliaram o acesso. Estou indignada e vou lutar contra esse projeto. É uma vergonha esse projeto”



google-site-verification: google9fc9670e008f5262.html